Blog

Sentir dor não é normal

 

Você costuma sentir dor frequentemente? Incômodos musculares, na cabeça ou outras dores sem causa aparente? Ter esses problemas de vez em quando é normal, mas, sentir isso o tempo, não, não é normal. E nesse post a gente vai te explicar um pouco sobre isso.

Quando você sente uma dor específica procura um médico, não é?! Afinal, ela deve ter sido originada por algum outro problema. Mas e quando ninguém acha a fonte desse mal e nenhum tratamento parece dar certo?

Ela deixa de ser um sintoma, passando a ser uma doença e acarreta diversas consequências na vida. Inclusive, você pode ter dor mesmo sem nenhuma alteração em seu exame físico e de imagem.

 

Médico especialista em dor

Claro que isso não acontece sempre. Porém, a verdade é que muitas vezes a ela é um problema mais complicado do que parece e requer um conhecimento especializado para avaliar e tratar. 

A boa notícia é que existe uma especialização médica reconhecida, voltada somente para cuidar dessas pessoas, é a chamada Medicina da Dor.

Os principais objetivos desta especialidade são controlar e reduzir o problema, sempre focando em tentar deixar sua vida e rotina o mais normal possível e, tendo como meta final resolver o problema. 

 

Medicina da dor: tratamentos

Nela o médico se dedica a encontrar as causas específicas da dor, realizar complexos testes para diagnosticar condições dolorosas, analisar achados fisiológicos, estudos radiológicos e laboratoriais, além de verificar seu histórico médico.

Assim, ele poderá determinar quais os recursos mais adequados para garantir o melhor tratamento para seu caso, executar procedimentos (como bloqueios de nervos, injeção espinhal e outras técnicas intervencionistas) e fazer a prescrição apropriada de medicamentos.

Lembrando que, em algumas circunstâncias, é preciso tratamento contínuo e multidisciplinar, mas, independente do seu, aqui na ProSport você pode contar com a Amelie Falconi, nossa especialista em medicina da dor. 

Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre esse assunto? Procure um especialista da dor para cuidar de você! Ligue e agende seu horário. Vamos conversar!